Skip links

Mercado de tecnologia: só não explora quem não quer

Share

Muitas empresas vêem os avanços tecnológicos e não acham que podem apostar nas novas tecnologias. Muito se engana quem pensa que só empresas do mercado de tecnologia podem ter dispositivos eletrônicos, automatização e wearables. A igreja Católica é o exemplo mais recente.

Novos usos para a inovação

Quem já pensou em usar uma tecnologia para fazer orações? A igreja Católica lançou um wearable (dispositivo móvel que pode ser usado no corpo, como relógios, pulseiras, óculos, etc.). O E-Rosary é um rosário inteligente que pode ser usado para monitorar exercícios físicos ou personalizar uma oração.

O aparelho se conecta à plataforma de oração “Click to Pray”, plataforma já lançada pela igreja que permite ao usuário compartilhar suas orações com outros usuários, incluindo o próprio Papa.

Essa maré de tecnologia “vestível” só tende a aumentar. As pessoas estão cada vez mais conectadas e querem mais facilidade para fazer coisas simples do dia a dia. Ir a um evento e usar a câmera do celular conectada ao relógio, poder controlar os batimentos cardíacos durante uma série de exercícios; tudo isso já não é mais novidade, é realidade. Sendo assim, use isso a seu favor.

Como aplicar isso?

A aplicação das novidades do mercado de tecnologia depende da criatividade e forma de engajamento com o público que será utilizada.

Primeiramente, é necessário desenvolver metas, razões para que essa tecnologia seja implantada, quais benefícios ela trará para a empresa, para os funcionários e, consequentemente, para os clientes.

Depois de definidos os objetivos, é imprescindível que se entenda as necessidades reais da empresa, um problema a ser resolvido. Não adianta “inventar a roda”. Aplicar tecnologia simplesmente por tê-las, é uma receita para o fracasso, assim, precisa ter uso real.

A partir da definição de uso, é preciso tempo de implementação. Mesmo que seja uma solução para o cliente final, é imprescindível que seus funcionários conheçam e saibam usar a tecnologia. Saber como usar não apenas vai facilitar o auxílio ao cliente, mas vai ajudar em um ponto crucial: a substituição.

Não assuste seus funcionários: Instrua-os!

Uma parte dos funcionários sempre vai se sentir ameaçada frente às novas tecnologias. O medo de ser substituído é grande e as pessoas precisam saber que essas implementações são feita para aprimorar os processos e não para que elas percam o emprego.

Ensinar sobre as vantagens da nova tecnologia e como suas vidas ficarão mais tranquilas sem processos repetitivos é a melhor forma de acalmar os ânimos e facilitar a transição para quem vai conviver com essas novas tecnologias.

A Criatividade é a chave

Se uma instituição de mais de dois mil anos está encontrando seu caminho para a era digital, sua empresa também pode. Seja em wearables, seja em automatização ou até mesmo em implementações robóticas.

A chave para isso é a criatividade. Analisar problemas e buscar possibilidades compatíveis que sejam tão inovadoras quanto um rosário inteligente. Sendo assim, vai não apenas resolver um problema, mas inovar o seu mercado.

Quer saber mais sobre inovação através da robótica? Saber quanto custa um robô na sua empresa? Acesse sempre nosso blog!

Join the Discussion

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Return to top of page
× Fale conosco :)