Skip links

PWA vs Apps nativos: como escolher sua tecnologia

Share

Ficou confuso com a escolha entre PWA e aplicativos nativos? Você não está sozinho. No geral, as empresas preferiram aplicativos nativos para alcançar seu público móvel. No entanto, a tecnologia PWA continua dominando o mercado de engajamento móvel.

Então, qual tecnologia escolher para estar atualizada com as tendências de desenvolvimento? Onde os desenvolvedores devem se concentrar em um aplicativo da web progressivo ou aplicativo nativo? Vamos esclarecer essas coisas e descrever os melhores casos para usar um PWA ou aplicativo nativo.

Antes de se desafiar com uma pergunta: “PWA vs aplicativo nativo e como escolher entre eles?”, Vamos destacar os aspectos em que vamos mergulhar:

O que é um PWA?

O que é um aplicativo nativo?

Lados fortes e fracos do PWA

Prós e contras dos aplicativos nativos

6 formas de comparar aplicativos da web progressivos e aplicativos nativos

PWA vs Apps nativos: qual escolher?

Perguntas frequentes

o que é um PWA?

O Google deu início ao conceito de PWA (também conhecido como aplicativos da web progressivos) em 2015. O PWA se concentra em fazer a diferença e criar a experiência do usuário na web móvel. Esse tipo de aplicativo oferece uma experiência semelhante à de um aplicativo com uma série de recursos da web. As APIs e os service workers modernos que lidam com as solicitações estão no centro dos PWAs.

Vamos desvendar alguns dos recursos progressivos dos aplicativos da web. Então, esses aplicativos:

  • Têm acesso limitado ao hardware
  • Armazenar dados do aplicativo no cache
  • Enviar notificações push (apenas para usuários do Android)
  • Funcionar corretamente com uma conexão de internet baixa e offline

Caso em questão: o PWA tem uma única base de código para todas as plataformas. Este aplicativo funciona como um site responsivo ou um aplicativo móvel, dependendo do dispositivo do usuário. Não requer download, muitos usuários não têm ideia de que estão usando um PWA.

3 princípios básicos de programação de aplicativos da web:

  1. Apesar da qualidade da conexão com a internet, o aplicativo funciona após a abertura.
  2. A experiência do usuário é suave e responsiva, sem atrasos encontrados.
  3. O aplicativo da web progressivo parece e funciona como um nativo.

Como funciona o PWA?

O truque está em três componentes:

  • Service workers são scripts executados em segundo plano, gerenciando respostas no cache. Eles ajudam a reduzir o tráfego de dados e salvar informações criadas por um usuário online.
  • O shell do aplicativo é como um pacote de código. Ele representa os recursos locais que carregam a interface do usuário do seu PWA. O shell do aplicativo lida com as interações e navegação do aplicativo. Graças a esse componente, o PWA funciona offline e carrega o conteúdo dinâmico armazenado em cache por um service worker.
  • O manifesto do aplicativo da Web é um arquivo JSON que armazena as informações sobre o aplicativo. Seu principal objetivo é informar como o aplicativo é exibido na tela do usuário.

Por que os PWAs atraem grandes e pequenas empresas? A resposta é quádrupla:

  • Envolvimento aprimorado do usuário
  • Seguro e confiável, apesar da velocidade de conexão
  • Menores despesas de desenvolvimento e manutenção
  • Instalável, mas não baixa nenhum software no dispositivo do usuário

O que é um aplicativo nativo?

Os aplicativos nativos são conhecidos pela rica funcionalidade desenvolvida para uma plataforma específica. Os líderes atuais são bem conhecidos – isto é, Android e iOS. Ao contrário dos PWAs, os aplicativos Android e iOS usam todas as possibilidades de hardware e software específicos do dispositivo. Isso garante uma melhor experiência do usuário e desempenho geral do aplicativo.

No lado técnico, os desenvolvedores empregam linguagens de programação preliminares e estruturas para os aplicativos nativos. A combinação de Java e Kotlin ajuda a criar aplicativos Android, enquanto os aplicativos Android e iOS costumavam criar aplicativos iOS.

Proprietários de empresas e desenvolvedores estão surgindo com o dilema PWA vs aplicativos nativos. Como mostram as estatísticas, a popularidade dos aplicativos móveis continua crescendo. Tudo se resume a examinar de perto os lados fortes e fracos dessas aplicações antes de tirar qualquer conclusão.

Lados fortes e fracos do PWA

É impossível apresentar uma lista definida de recursos progressivos de aplicativos da web. Vamos destacar os principais aspectos de força:

  • Os aplicativos são multiplataforma e oferecem a mesma UI / UX para todos os dispositivos e tamanhos de tela.
  • Desempenho otimizado. O aplicativo funciona rápido em qualquer dispositivo e conexão com a internet.
  • Instalação opcional. O usuário pode usar o PWA sem instalação. Muitos usuários podem nem saber que estão usando um aplicativo.
  • Sem atualizações obrigatórias. O usuário sempre se envolve com a versão mais recente.
  • Linkável. O usuário pode compartilhar o aplicativo apenas via URL.
  • Como o protocolo HTTPS é obrigatório, o aplicativo evita que informações sejam reveladas ou alteradas.

Por outro lado, existem alguns pontos fracos:

  • Funcionalidade limitada do iOS. iOS desencadeou o suporte PWA em 2018, portanto, muitos recursos ainda estão bloqueados. Se o seu aplicativo procura reengajamento com os usuários da Apple, você deve recorrer ao desenvolvimento de aplicativos nativos.
  • Dreno rápido da bateria. O PWA requer mais CPU e se o aplicativo for construído com estruturas – ele esgota a bateria mais rápido.
  • Acesso limitado a componentes de hardware e dados

Prós e contras dos aplicativos nativos

Os aplicativos Android e iOS variam em vantagens e desvantagens. Para ilustrar este ponto, vamos enumerar os problemas compartilhados para ambas as plataformas.

Os prós dos aplicativos nativos em relação aos PWAs:

  • Desempenho e IU sofisticados. O aplicativo nativo se integra perfeitamente ao sistema operacional. Os desenvolvedores seguem as diretrizes preliminares para Android e iOS.
  • Acesso total aos recursos do dispositivo e hardware. Os aplicativos nativos têm acesso a todas as APIs e dados do usuário. Outra vantagem é a compatibilidade com outros produtos oferecidos pelo Google ou Apple.
  • Adequado para aplicações complexas.
  • Suporte a loja virtual. A presença aumenta a visibilidade do aplicativo nativo. Além disso, as avaliações dos usuários comprovam a qualidade da solução. No geral, ele serve como uma fonte de tráfego adicional.

Assim, do outro lado da cerca, os aplicativos nativos têm algumas desvantagens:

  • Desenvolvimento caro. A necessidade de construir duas versões do aplicativo nativo.
  • Atualizações e manutenção constantes. A construção do aplicativo requer gerenciamento em duas plataformas diferentes. Além disso, a atualização e o suporte do recurso tornam-se problemáticos.
  • Processo de desenvolvimento lento. O código do aplicativo nativo não pode ser executado em plataformas diferentes.
  • Lançamento mais longo. Os aplicativos nativos devem ser aprovados pelo Google Play ou App Store, o que pode levar algum tempo.

6 formas de comparar aplicativos da web progressivos e aplicativos nativos

Vamos admitir: a lista exaustiva de recursos e funções de aplicativos PWA vs nativos pode ser bem longa. Portanto, a missão é clara: cobrir os principais aspectos para garantir que você tenha informações suficientes para se decidir sobre o PWA ou o aplicativo nativo.

  1. Tech stack

As tecnologias de aplicativos nativos são bastante tradicionais. Por exemplo, os aplicativos Android geralmente são desenvolvidos com Java ou Kotlin. A pilha inclui kits de ferramentas como Android Studio e Android Developer Tools. O aplicativo iOS é construído em Swift e Objective C, incluindo kits de ferramentas Xcode e AppCode.

Os aplicativos da web progressivos precisam apenas de uma versão que funcione corretamente em todos os navegadores. A pilha usada aqui pode ser uma mistura de HTML5, CSS, React Native, AMP, Angular.

Vale a pena mencionar a popularidade dessas linguagens de programação, script e marcação, estruturas. Para provar isso, aqui estão as informações estatísticas da Pesquisa Anual de Desenvolvedores do Stack Overflow 2019, onde 90 mil de desenvolvedores participaram.

  1. a) Linguagens de programação, script e marcação

JavaScript 69,7%

HTML / CSS 63,1%

Java 39,2%

Swift 6,8%

Kotlin 6,6%

Objective-C 5,2%

  1. b) Frameworks da Web

Angular / Angular.js 32,4%

  1. c) Frameworks

React Native 10,8%

  1. Desempenho do aplicativo

Ambos os PWAs e aplicativos nativos têm alta velocidade de desempenho. Existem apenas dois pontos em que os aplicativos nativos assumem o controle dos aplicativos da web progressivos:

  • Aplicativos de jogos
  • Aplicativos que empregam hardware desenvolvido para a interação
  1. Notificação Push

Os aplicativos nativos têm essa função disponível independentemente da plataforma ou modelo do dispositivo. Apenas os usuários podem desativar o recebimento de notificações push do seu aplicativo. Quanto ao PWA, os service workers podem enviar notificações a um usuário quando o aplicativo está offline. No entanto, apenas para usuários do Android podem obter notificações push.

  1. Trabalhando offline

Em geral, os aplicativos da web progressivos e os aplicativos nativos funcionam durante a má ou a falta de conexão com a Internet. No PWA, os service workers salvam os dados da página da Web durante o tempo de execução. Depois que o usuário abre o aplicativo offline, ele funciona normalmente com os dados armazenados em cache.

Os aplicativos nativos têm várias implementações para armazenamento de informações em cache. Alguns aplicativos podem funcionar sem conexão com a Internet, outros não. Os aplicativos exibem conteúdo coletado durante a conexão com a Internet do dispositivo. No entanto, existem aplicativos nativos com funcionalidade offline limitada.

  1. Atualizações e suporte

Não considere as atualizações e manutenção do aplicativo como problemas secundários ou terciários. A solução livre de bugs e atualizada é mais atraente para os usuários. Aqui é onde o PWA e os aplicativos nativos diferem muito. Um aplicativo da web progressivo quase sempre é carregado do servidor, portanto, requer atualizações apenas no lado comercial.

Falando em aplicativos nativos, as atualizações devem ser feitas pelo lado do negócio e do usuário. Além do mais, a atualização e a manutenção têm custos adicionais. Mais do que frequentemente, os usuários não atualizam seu aplicativo juntos. Isso requer o suporte de diferentes versões do aplicativo ao mesmo tempo.

  1. Disponibilidade de recursos do dispositivo

Os aplicativos nativos têm acesso total aos conjuntos de recursos do dispositivo, pois são desenvolvidos para serem executados como parte do software da plataforma. Não é à toa que eles tiveram acesso fácil ao hardware do dispositivo, GPS, NFC, acelerômetro, dados do usuário e assim por diante. Os aplicativos nativos também podem personalizar as configurações do dispositivo.

PWA vs Apps nativos: qual escolher?

Ao contrário da crença popular, o PWA não substituirá o aplicativo nativo. Mas vai fortalecer os aplicativos Android e iOS no alcance do público. Espera-se que os aplicativos da web progressivos se tornem um elo importante na jornada do cliente. Isso ajudará as empresas a alcançar um equilíbrio delicado entre o que é novo e o que é eficaz.

Sendo um desenvolvedor, você está bastante curioso sobre onde colocar seu foco e qual pilha escolher. Isso não vai funcionar sem um planejamento inteligente. Existem muitas combinações de tecnologias para fazer malabarismos. Esteja pronto para gastar algum tempo refinando a ideia de negócio, os requisitos e as funcionalidades do futuro aplicativo antes de definir a pilha de tecnologia.

Então, aqui estão os casos de negócios quando é melhor escolher um aplicativo progressivo.

  • A empresa busca um aplicativo multiplataforma para alcançar um grande público
  • O orçamento limitado e os termos para o desenvolvimento e atualizações do aplicativo
  • A funcionalidade ou conteúdo esperados do aplicativo não seguem as políticas da loja de aplicativos
  • Não há necessidade de integração próxima com o hardware do dispositivo
  • A notificação push para usuários de iOS não é parte integrante do negócio

E a lista de casos em que os aplicativos nativos funcionam melhor:

  • Empresas que consideram a presença na loja uma obrigação
  • O aplicativo requer forte integração com o hardware do dispositivo
  • Os aplicativos com um modelo de assinatura ou aqueles com compras no aplicativo
  • Soluções de renderização AR e jogos
  • Os aplicativos que usam autenticação biométrica

Conclusão: depois de definir a melhor plataforma para construir um aplicativo, a escolha da abordagem de desenvolvimento também se torna óbvia. Você nunca sabe o que pode surgir de uma ideia selvagem. Se você tiver um que lida com PWA ou aplicativos nativos, entre em contato com a Apiko. Estamos atualizados com as tendências tecnológicas e experientes na construção de ambos os tipos de aplicativos.

Por sua vez, os PWAs têm acesso bastante limitado para desenvolver hardware e funções. Ao contrário dos dispositivos iOS, os dispositivos baseados em Android suportam mais opções para aplicativos da web progressivos. Além disso, a Apple limita o acesso a Face ID, Touch ID, Siri, ARKit e outros.

Perguntas frequentes

P: Qual é a diferença entre um aplicativo híbrido e o PWA?

R: O aplicativo híbrido combina elementos de aplicativos da web e nativos. Os desenvolvedores criam esses aplicativos usando tecnologias da web e os “envolvem” em um shell de aplicativo nativo com React Native. O aplicativo híbrido pode ser baixado da loja em qualquer plataforma. Ao contrário do PWA, esses aplicativos devem ser atualizados em ambos os lados pela empresa e pelo usuário. A IU é conveniente como em um aplicativo nativo, enquanto o desempenho é suave e o aplicativo funciona offline como um aplicativo da web progressivo. A pilha de aplicativos híbridos inclui HTML, CSS e JavaScript, então o aplicativo é empacotado e exportado para rodar em plataforma cruzada.

P: Kotlin é melhor que Java?

R: Kotlin é totalmente OOP (também conhecido como programação orientada a objetos) e mais avançado que Java. Usando essa linguagem de programação, o desenvolvedor escreve menos código e libera um build mais rápido. Ao contrário do Java, o Kotlin tem recursos como programação reativa funcional (também conhecida como programação de fluxo de dados), expressão lambda, segurança NULL, array invariável e smart casts. Além disso, Kotlin é operado simultaneamente com Java.

P: Quem está usando PWAs?

R: As empresas mundialmente conhecidas fornecem PWAs: Facebook Lite, Twitter Lite, Aliexpress, Forbes, Pinterest, Uber, Tinder, Flipboard, Starbucks, Alibaba, Lancome.

Quer conhecer uma solução em PWA de atendimento técnico direto no Whatsapp? Clique Aqui.

Texto original em inglês, aqui.

Join the Discussion

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Return to top of page
× Fale conosco :)